*.*
 
 
 

 Há quem diga que o que atraia os leitores era o retrato do homem como lobo do homem.

"O Amigo da Onça foi publicado durante mais de 20 anos ininterruptos em O Cruzeiro. Não era o único trabalho de Péricles, mas logo se veria o quão difícil era desvincular seu nome do personagem, ao contrário de repórteres como David Nasser e Jean Manzon, desenhistas de humor como Carlos Estevão ou escritores como Rachel de Queiroz, que transformaram seus nomes em grifes. Na década de 50, uma pesquisa de opinião indicou que O Amigo da Onça era a seção preferida, com margem de folga, entre os leitores, revista então lida em todo o país, ultrapassando a televisão e rivalizando com o rádio na penetração junto ao público."
 
http://www.memorialpernambuco.com.br/memorial/114artesplasticas/pericles.htm

 

  

01- "- Pronto! Tirei a minha máscara. Agora tire a sua..."

02- "- Papai Noel... Óh Papai Noel! Pode vir descendo pela corda, que as crianças estão esperando."

 

  03- "- Madame. Este banco é pra três..."

04- "-O negócio é realismo, Tarzan. Realismo!"

 

Pesquisa e formatação

reginaLU

maio_2008

 

 

http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/amigo.htm

 

http://www.casadoposter.com.br/

 

http://www.arcadovelho.com.br/onca/amigo_da_on%C3%A7a.htm

 

http://www.memorialpernambuco.com.br/memorial/114artesplasticas/pericles.htm

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

..............