Como é mesmo ?
 
"MONOGRAFIA
do Gr. mónos, único + gráphein, descrever

s. f., tratado especial, dissertação sobre um ponto particular de uma ciência, de uma arte, de uma localidade etc."
  

 

"A origem histórica da palavra MONOGRAFIA vem da especificação, ou seja a redução da abordagem a um só assunto, a um só problema. Seu sentido etimológico significa: mónos (um só) e graphein (escrever): dissertação a respeito de um assunto único.

Ela tem dois sentidos: O Estrito, que se identifica com a tese: tratamento escrito de um tema específico que resulte de pesquisa científica com o escopo de apresentar uma contribuição relevante ou original e pessoal à ciência. E o Lato, que se identifica com todo trabalho científico de primeira mão, que resulte de pesquisa: dissertações científicas, de mestrado, memórias científicas, as antigas exercitações e tesinas, os college papers das universidades americanas, os informes científicos ou técnicos e obviamente a própria monografia no sentido acadêmico, ou seja o tratamento escrito aprofundado de um só assunto, de maneira descritiva e analítica, onde a reflexão é a tônica (está entre o ensaio e a tese e nem sempre se origina de outro tipo de pesquisa que não seja a bibliografia e a de documentação)."

http://www.cdof.com.br/monografia.htm

 

Conclusão: "mono", no contexto da palavra monografia, e no sentido de um, está ligada ao fato de ser UM TEMA e não ao fato de ser elaborada por uma pessoa ou um grupo.

Créditos => Menu

 

   

Pesquisando, aprendendo e ajudando a divulgar...
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
................