"Mazzaropi é um pacato homem do campo que para não se defrontar com um bando de cangaceiros acaba se disfarçando e é confundido com um deles. Incrementando a farsa em que se encontrou, ele faz com que sua família inteira se passe por seu bando e todos acabam indo parar no acampamento dos verdadeiros cangaceiros onde o "Destemido" Lamparina vai ter que mostrar que é um cabra valente de verdade."

Em "O Lamparina", produzido em 1964, o tema é o famosíssimo cangaceiro Virgulino Ferreira, o Lampião.

A história gira em torno de uma família interiorana que resolve mudar-se para o nordeste deparando com as caatingas, com o cangaço, a seca e a violência.
Quando tentam trabalhar são confundidos com cangaceiros e perseguidos pela polícia. Na verdade, para proteger-se, Mazzaropi tinha feito com que sua família se disfarçasse como se fosse cangaceira. Assim foi parar no próprio acampamento dos verdadeiros cangaceiros.
 
O cunho humorístico do filme é um bom pretexto para revisitar o Lampião e saber mais sobre o cangaço.
O Lamparina
Fonte principal: ACPJ/I - Araken Campos Pereira Júnior. Cinema Brasileiro (1908-1978) - Longa-Metragem. V. 1 Santos: Casa do Cinema, 1979.
 
"O Lamparina do Nordeste" de Elpídio dos Santos - canta  Mazzaropi
 
Fontes:
 
http://www.museumazzaropi.com.br/filmes/16lampa.htm
 http://www.adorocinemabrasileiro.com.br/filmes/lamparina/lamparina.asp
 http://www.infonet.com.br/lampiao/