Vinho e Vida

reginaLU

a vida em um copo de vinho
pequena e barateada
feito um frágil barquinho

sem rumo ou saída, 
...
sem porto, 
...
sem carga,
...
sem nada.

bebendo tento esquecer,
nem sei o que,
- esqueci.

no fundo do copo a zonzeira
no fundo da vida a tonteira
e eu sem eira, nem beira.
no fundo do poço, a caveira.

no copo um pequeno barquinho,
frágil e barateado,
afogo a vida no vinho.

reginaLU

 



Publicado no Recanto das Letras em 14/10/2008
Código do texto: T1228942

 

imagens e midi obtidas em grupos de troca

montagem e formatação_reginaLU
 
 
 
 


...................