Thales
 
 

 

 

 
 

 

 
 

 
 
 

 

"Charlie Chaplin era filho de artistas do vaudeville londrino e segundo seus biógrafos teve uma infância miserável, dizendo-se que teria roubado comida para sobreviver depois que seu pai abandonou a família e a mãe foi internada como louca.

Ainda adolescente obteve emprego na companhia teatral de Fred Karno e, ao fazer uma excursão pelos Estados Unidos, em 1913, foi contratado por Mack Sennett para trabalhar na Keystone, o maior estúdio de comédias do cinema mudo.

Ali Chaplin criou o personagem que o tornaria famoso: o vagabundo, de bengala e chapéu-coco.

Em 1919 fundou a United Artists, em sociedade com Mary Pickford, Douglas Fairbanks e David W. Griffith, e passou a produzir filmes de longa-metragem. Nos anos 20 sua carreira estava no auge, mas seus problemas amorosos começaram a se agravar. Sua primeira mulher, Mildred Harris perdeu o que seria seu primeiro filho e Lita Grey, com quem se casou a seguir, o processou.

Os escândalos se seguiram, mas talvez o de maior repercussão tenha sido seu casamento, aos 56 anos, com a filha do escritor Eugene O'Neill, Oona, de 18.

Nos anos 50 foi perseguido pelo macarthismo e, após uma excursão à Europa foi impedido de retornar aos Estados Unidos. Mudou-se então para a Suíça. Anos mais tarde, os americanos tentaram se redimir concedendo-lhe um Oscar especial.

Um dos grandes gênios do cinema, Chaplin também era responsável pelas trilhas sonoras de todos os seus filmes e criou canções imortais, como "La Violetera" - de "Luzes da Cidade", "Smile" - de "Tempos Modernos" - e "Limelight" - de "Luzes da Ribalta".

Pensamentos:

"Não faças do amanhã o sinônimo de nunca,

nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais.

Teus passos ficaram.

Olhes para trás ... mas vá em frente

pois há muitos que precisam

que chegues para poderem seguir-te."

" A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente.
 
Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso.
 
Daí viver num asilo, até ser chutado para fora de lá por estar muito novo.
 
Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar.
 
Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante para poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante, faz festas e se prepara para a faculdade.
 
Você vai para o colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando...
 
E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?"
 
Textos extraídos do site abaixo e atribuídos a Chaplin
Referências
 
 
 
Luzes da Ribalta
 
imagens e midi obtidas em grupos de troca
montagem e formatação_reginaLU

 
 
 

 

 
 
 

 
 

 
 
 
 

 






 ................